Anari Online - Notícias de Vale do Anari e Região!

Homem que se passava por juiz é preso com drogas e armas em Jaru, RO

Suspeito se apresentava como juiz auditor militar do Acre.

Um homem que se passava por juiz foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na última sexta-feira (12), em Jaru (RO) no Vale do Jamari. Segundo as investigações, o suspeito se apresentava como juiz auditor militar do Acre. Drogas e armas foram encontradas com ele.

De acordo com informações da PRF, agentes realizavam sinalização do trânsito no km 432 da BR-364 em Jaru, por causa de um acidente. Por volta das 15h30 os policiais abordaram um veículo que trafegava na contramão.

O condutor estava acompanhado de duas mulheres e uma criança. Ele se identificou como juiz auditor militar do Acre, apresentou uma carteira funcional e um crachá relacionados ao Poder Judiciário.

Os policiais notaram o nervosismo do condutor e entraram em contato com o Tribunal de Justiça acreano, onde foi confirmado que o suspeito é técnico judiciário aposentado.

Durante revista no veículo, foram encontrados um revólver calibre 38, porções de maconha e 12 munições. O motorista não apresentou registro de porte de arma.

Diante disso, o homem foi preso e encaminhado à Delegacia da Polícia Civil por prática de uso de distintivo de função pública que não exerce, falsa identidade, porte de droga e porte ilegal de arma de fogo.

Fonte

g1
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Homem que se passava por juiz é preso com drogas e armas em Jaru, RO

g1

Um homem que se passava por juiz foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na última sexta-feira (12), em Jaru (RO) no Vale do Jamari. Segundo as investigações, o suspeito se apresentava como juiz auditor militar do Acre. Drogas e armas foram encontradas com ele.

De acordo com informações da PRF, agentes realizavam sinalização do trânsito no km 432 da BR-364 em Jaru, por causa de um acidente. Por volta das 15h30 os policiais abordaram um veículo que trafegava na contramão.

O condutor estava acompanhado de duas mulheres e uma criança. Ele se identificou como juiz auditor militar do Acre, apresentou uma carteira funcional e um crachá relacionados ao Poder Judiciário.

Os policiais notaram o nervosismo do condutor e entraram em contato com o Tribunal de Justiça acreano, onde foi confirmado que o suspeito é técnico judiciário aposentado.

Durante revista no veículo, foram encontrados um revólver calibre 38, porções de maconha e 12 munições. O motorista não apresentou registro de porte de arma.

Diante disso, o homem foi preso e encaminhado à Delegacia da Polícia Civil por prática de uso de distintivo de função pública que não exerce, falsa identidade, porte de droga e porte ilegal de arma de fogo.

Publicidade

Publicidade